CARTA DE UNOAMÉRICA AO CONGRESSO E AO STF DO BRASIL

 

Alejandro Peña Esclusa

 

    

     Senhores
     Deputados e Senadores do Congresso Nacional
     Magistrados do Supremo Tribunal Federal
     República Federativa do Brasil

 

     Tenho a honra de dirigir-me nesta oportunidade aos senhores para expor-lhes o seguinte.

     O aval de Lula à operação que permitiu o regresso clandestino de Zelaya a Honduras — assim como o apoio logístico que a Embaixada do Brasil lhe presta para que a partir dali coordene ações destinadas a provocar uma guerra civil — afeta a estabilidade centro-americana e prejudica gravemente os interesses nacionais de vossa nação.

     Na aparência, as ações internacionais de Lula procuram defender a democracia e incrementar a presença do Brasil na América Latina. Sem embargo, isto é só na aparência.

     Na realidade, as manobras de Lula no exterior estão delineadas para favorecer única e exclusivamente seus aliados do Foro de São Paulo [1], organização que pretende destruir a institucionalidade de nossas nações e colocar o Poder Executivo acima dos demais poderes públicos, como ocorre na Bolívia, Equador e Venezuela, e como pretendia fazer Zelaya em Honduras.

     Até agora Lula comportou-se como um socialista "moderado", porque as sólidas instituições brasileiras o impedem de atuar de outra forma. No entanto, a estratégia de Lula consiste em apoiar os radicais na vizinhança, para facilitar o avanço do socialismo radical dentro de vosso próprio país. Sem dúvida, Lula favoreceu Chávez de maneira inaceitável [2].

     Para se entender a relação tão estreita que existe entre Lula, Chávez e Zelaya, assim como o fundo das manobras do governo brasileiro em Honduras, é de vital importância que vossas instituições tenham acesso à informação contida no computador de Raúl Reyes.

     Faço-lhes respeitoso apelo para que investiguem com seriedade por que o Congresso e a Corte Suprema de Honduras se viram obrigados — por mandato constitucional — a destituir Zelaya. Atrevo-me também a lhes sugerir que impeçam que o presidente Lula continue a provocar conflitos em Honduras.

     Sem mais, aproveito para comunicar-lhes meus mais sinceros votos de bem-estar e progresso para vossa grande nação.

     Atenciosamente

 

     Alejandro Peña Esclusa
     Presidente de UnoAmérica
     www.unoamerica.org

     _________

     NOTAS:

 

    [1] Ver artigo El Foro de Sao Paulo a los 16 años de fundado.

    [2] Ver artigo La verdad sobre Lula.

     _________

     Fonte: Carta publicada em 29/09/2009 com o título UnoAmérica pide al Congreso y a la Corte Suprema del Brasil parar acciones de Lula en Honduras.

     Tradução: André F. Falleiro Garcia.

     _________

     Artigos relacionados:

Honduras: erros táticos comprometem a estratégia continental neocomunista

Honduras e o Sangue de Cristo

UnoAmérica critica os que apoiaram o regresso clandestino de Zelaya

Brasil investe na guerra civil em Honduras

Súplica por Honduras a Nossa Senhora de Guadalupe Protetora da América

O "eixo da moderação" a serviço do "eixo do mal"

Presença de Zelaya em embaixada brasileira é ilegal, diz especialista

À luz da Constituição não se pode falar que houve golpe em Honduras

A hipocrisia da esquerda

Honduras: caso emblemático de escandalosa intervenção chavista

Kerenskismo obamista, Honduras e o abismo chavista

Os amigos hondurenhos das Farc

O caminho a seguir para Honduras

O plano macabro de um delinqüente internacional

Aonde vai a OEA?

Chávez e o paradoxo de Insulza

Honduras

Golpe de Estado em Honduras?

Golpe em Honduras? Que golpe?

Honduras e Chávez: o que a mídia não está informando nos Estados Unidos

Carta de renúncia de Valladares à Fundação de Direitos Humanos

     _________