SELVA!

 

Ivan Monteiro

 

 


     Se você está cansado dos livros de autoajuda, de autores estrangeiros que tratam de assuntos distantes da nossa realidade, de biografias que não fazem a sua cabeça, do caos que assola o país, o meu livro SELVA!, por certo vai ao encontro do seu interesse.

     Ambientada no início dos anos oitenta, a trama coloca em confronto três segmentos distintos que se entrechocam no interior da selva amazônica e em Farsília, capital do Farsil, país com base geográfica constituída pela Amazônia legal, separado do Brasil quando das lutas pela independência da coroa portuguesa. Como não poderia deixar de ser, gerada pelo mesmo processo civilizatório, a situação política do gigante amazônico é a antevisão do Brasil futuro, vítima de procrastinado, mas idêntico caminhar histórico.

     Semelhante ao acontecido em terras brasileiras, o Farsil também viveu período de regime militar, encerrado em 1975 com eleições diretas para presidente. O retorno democrático não pôs fim à guerrilha instalada no interior amazônico, combatida ferozmente pelo exército. Na capital, os comunistas anistiados se instalaram no Partido Operário e passaram a articular a tomada do poder por meio da via eleitoral, abandonando seus camaradas internados no sertão e contrariando o acordo que reconheceu o esvaziamento do movimento urbano e decidiu pela guerrilha no ambiente rural.


     O corte traumático das relações entre esses dois vetores da subversão, o abandono impossível, carrega de ódio os céus do Farsil e leva o comandante guerrilheiro a produzir um sangrento choque psicológico, grande ação criminosa com a finalidade de recolocar a guerrilha na pauta nacional, promover suas ideias, mobilizar adeptos e chegar ao comando do país para implantar o comunismo e destruir seus antigos correligionários, os imperdoáveis traidores do movimento. Misturam-se, então, os horrores da luta na selva com as conspirações urdidas nos ambientes climatizados de Farsília.

     Castigado pelo molha e enxuga, pelo sobe e desce, pelo inimigo atroz e pela saudade da família e do amor distantes, o tenente Assis é conduzido pelo destino a participar dos momentos mais intensos da luta entre seu exército, os idealistas submersos no inferno amazônico e os aproveitadores encastelados nos confortáveis escritórios de Farsília.

     É chance imperdível para que o leitor vista seu camuflado, patrulhe o fim do mundo, sobrevoe a selva magnífica, navegue os rios encantados da Amazônia e ajude Assis a combater seus inimigos, quem sabe, os mesmos demônios a povoar seus pesadelos. Uma coisa é certa, amigo leitor: você não vai conseguir parar de ler.

     _________

     Ivan Monteiro, cel de Artilharia e Estado Maior, na inatividade, foi Adido Naval e do Exército no Suriname, E3 do Comando da Amazônia, comandante do 15º GAC-AP e do Colégio Militar de Curitiba.

     Para adquirir o livro "Selva", e participar dessa aventura, mande a mensagem “BRASIL ACIMA DE TUDO! SEMPRE!” para selvabook@terra.com.br e receba mensagem automática que orientará sua compra.

 

 

     _________