10 RAZÕES PARA REJEITAR O SOCIALISMO

 

Gustavo Antonio Solimeo

 

    Version in English

 

Razões para proteger a família, a propriedade privada e a América dos perigos do socialismo

 

Socialistas

Variações cromáticas do socialismo latino-americano

 

     1. Socialismo e comunismo são a mesma ideologia

     O comunismo não é senão uma forma extrema de socialismo. Do ponto de vista ideológico, não há diferença substancial entre os dois. Na verdade, a União Soviética, um país comunista, chamou-se “União das Repúblicas Socialistas Soviéticas” (1922-1991) e igualmente a China comunista, Cuba e Vietnã se definem como nações socialistas.

     2. O socialismo viola a liberdade pessoal

     O socialismo visa eliminar a “injustiça” pela transferência de direitos e responsabilidades dos indivíduos e das famílias ao Estado. No processo, o socialismo realmente cria injustiças. Ele destrói a verdadeira liberdade: a liberdade de decidir todas as questões que estão dentro da nossa própria competência e de seguir o curso mostrado pela nossa razão, nos limites das leis morais, incluindo os ditames da justiça e da caridade.

     3. O socialismo viola a natureza humana

     O socialismo é anti-natural. Ele destrói a iniciativa pessoal — fruto do nosso intelecto e livre arbítrio — e o substitui pelo controle do Estado. Ele tende ao totalitarismo, com a repressão do governo e da polícia, onde é aplicado.

     4. O socialismo viola a propriedade privada

     O socialismo apela à “redistribuição da riqueza”, tirando dos “ricos” para dar aos pobres. Impõe impostos que punem aqueles que foram capazes de tirar o maior partido dos seus talentos produtivos, capacidade de trabalho ou hábitos de poupança. Ele utiliza a tributação para promover o igualitarismo econômico e social, um objetivo que será plenamente alcançado, de acordo com o Manifesto Comunista, com a “abolição da propriedade privada”.

     5. O socialismo se opõe ao casamento tradicional

     O socialismo não vê nenhuma razão moral para se restringirem as relações sexuais ao casamento, isto é, uma união indissolúvel entre um homem e uma mulher. Além disso, como ficou dito, o socialismo mina a propriedade privada, o que Friedrich Engels — fundador do socialismo e do comunismo modernos, juntamente com Karl Marx — considerava como o fundamento do casamento tradicional.

     6. O socialismo se opõe ao direito dos pais na educação

     O socialismo quer que o Estado, e não os pais, controle a educação dos filhos. Quase desde o nascimento, as crianças devem ser entregues a instituições públicas, onde lhes será ensinado o que o Estado quer, independentemente dos pontos de vista dos pais. A teoria da evolução deve ser ensinada [em oposição à doutrina da origem dos seres por criação]. A oração deve ser proibida nas escolas.

     7. O socialismo promove a igualdade radical

     A suposta igualdade absoluta entre os homens é o pressuposto fundamental do socialismo. Por isso, ele vê qualquer desigualdade como injusta em si mesma. Assim, os empregadores privados são retratados como “exploradores”, cujos lucros realmente pertencem a seus empregados. Como conseqüência, rejeitam o sistema assalariado.

     8. O socialismo promove o ateísmo

     A crença em Deus, que ao contrário de nós é infinito, onipotente e onisciente, choca-se de frente com o princípio da igualdade absoluta. O socialismo, por conseguinte, rejeita o mundo espiritual, alegando que só existe a matéria. Deus, a alma, e a vida futura são apenas ilusões, de acordo com o socialismo.

     9. O socialismo promove o relativismo

     Para o socialismo, não existem verdades absolutas nem moral revelada, que estabelecem normas de conduta que se aplicam a todos, em todos os lugares e sempre. Tudo evolui, incluindo o certo e o errado, o bem e o mal. Não há lugar para os Dez Mandamentos, nem na esfera privada, nem na praça pública.

     10. O socialismo zomba da religião

     De acordo com Karl Marx, a religião é o “ópio do povo”. Lênin, o fundador da União Soviética, vai mais longe: “A religião é o ópio do povo. A religião é uma espécie de má aguardente espiritual na qual os escravos do capital afogam a sua imagem humana, a sua procura por uma vida mais ou menos digna do homem.”

     Que Deus proteja os Estados Unidos do socialismo.

     _________

     Gustavo Antonio Solimeo, escritor brasileiro radicado nos EUA, é co-autor do best-seller "As CEBs... das quais muito se fala, Pouco se conhece ...." com Plinio Corrêa de Oliveira e Luiz Sérgio Solimeo.

     Fonte: Stop Socialism in America.

     _________

     ARTIGOS DE INTERESSE RELACIONADOS:

Variações cromáticas do socialismo e do comunismo

Estratégia das metamorfoses socialistas e a evolução cromática durante a marcha processiva comunista, especialmente na fase do caos factual – André F. Falleiro Garcia – 05 junho 2009

A anti-igreja comunista, verdadeira seita

As transformações estratégicas que geraram o neocomunismo e a necessidade de conhecer a doutrina marxista – Plinio Corrêa de Oliveira – 03 junho 2009

Socialismo: cavalo de tróia a serviço do comunismo

Substanciosa e lúcida exposição sobre o socialismo e sua versão religiosa, o socialismo cristão – D. Geraldo de Proença Sigaud – 03 junho 2009

A gnose petista

Interessante artigo sobre o caráter religioso da seita petista, verdadeiro cerne da burocracia partidária instalada na burocracia do Estado, tornada classe dominante no Brasil contemporâneo – por Nivaldo Cordeiro – 24 junho 2009

Misteriosas ligações entre socialismo, sionismo, satanismo

– As relações de Karl Marx e de seu guru Moses Hess, pai do sionismo socialista, com o satanismo, analisadas por André F. Falleiro Garcia – 08 março 2009

– "Marx e Satã" – por Ipojuca Pontes;

– "O satanismo na vida e obra de Karl Marx" – por Antonio R. de Almeida;

– "Era Marx satanista?" – por Norma Braga.

 Catecismo Anticomunista

Este catecismo mostra como a religião católica é inimiga mortal do comunismo, e como o católico não pode ser socialista. Expõe as relações entre o igualitarismo, o comunismo e o socialismo – D. Geraldo de Proença Sigaud – 10 abril 2010

Posso votar no PT? Uma questão moral

A mesma coerência que leva o PT a não tolerar defensores da vida em seus quadros, deve levar os cristãos a não votar nele – Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz – 14 agosto 2010

PT: partido ou religião?

A pertença ao partido exige dos filiados uma espécie de obediência religiosa. Pode então um cristão filiar-se e votar no PT? – Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz – 14 agosto 2010

A estratégia neocomunista de conquista dos aparatos ideológicos da sociedade

Santiago Carrillo apresentou o eurocomunismo em seu conteúdo gramscista que é preciso conhecer – Jorge Baptista Ribeiro – 16 setembro 2009

 

 

10 Reasons to Reject Socialism

 

Gustavo Solimeo

 

Why we must protect the family, private property and America from the dangers of socialism

 

 

     1. Socialism and communism are the same ideology

     Communism is but an extreme form of socialism. From the ideological standpoint, there is no substantial difference between the two. In fact, the communist Soviet Union called itself the Union of Soviet Socialist Republics (1922-1991) and communist China, Cuba and Vietnam define themselves as socialist nations.

 

     2. Socialism violates personal freedom

     Socialism seeks to eliminate "injustice" by transferring rights and responsibilities from individuals and families to the State. In the process, socialism actually creates injustice. It destroys true liberty: the freedom to decide all matters that lie within our own competence and to follow the course shown by our reason, within the laws of morality, including the dictates of justice and charity.

     3. Socialism violates human nature

     Socialism is anti-natural. It destroys personal initiative – a fruit of our intellect and free will – and replaces it with State control. It tends to totalitarianism, with its government and police repression, wherever it is implemented.

     4. Socialism violates private property

     Socialism calls for "redistributing the wealth" by taking from the "rich" to give to the poor. It imposes taxes that punish those who have been able to take greater advantage of their productive talents, capacity to work or thrift. It uses taxation to promote economic and social egalitarianism, a goal that will be fully achieved, according to The Communist Manifesto, with the "abolition of private property."

     5. Socialism opposes traditional marriage


     Socialism sees no moral reason for people to restrict sex to marriage, that is, to an indissoluble union between a man and a woman. Furthermore, socialism undermines private property, which Friedrich Engels, founder of modern socialism and communism along with Karl Marx, saw as the foundation of traditional marriage.

     6. Socialism opposes parental rights in education

     Socialism has the State, and not parents, control the education of children. Almost from birth, children are to be handed over to public institutions, where they will be taught what the State wants, regardless of parental views. Evolution must be taught. School prayer must be forbidden.

     7. Socialism promotes radical equality

     A supposed absolute equality among men is the fundamental assumption of socialism. Therefore, it sees any inequality as unjust in itself. Private employers are quickly portrayed as "exploiters" whose profits really belong to their employees. As a consequence, they rule out the system of wage earning.

     8. Socialism promotes atheism

     Belief in God, who unlike us is infinite, omnipotent and omniscient, clashes head-on with the principle of absolute equality. Socialism therefore rejects the spiritual, claiming that only matter exists. God, the soul, and the next life are illusions according to socialism.

     9. Socialism promotes relativism

     For socialism there are no absolute truths or revealed morals that establish standards of conduct that apply to everyone, everywhere, and always. Everything evolves, including right and wrong, good and evil. There is no place for the Ten Commandments, neither in the private mind nor in the public square.

     10. Socialism mocks religion

     According to Karl Marx, religion is "the opium of the people." Lenin, founder of the Soviet Union, agreed: "Religion is opium for the people. Religion is a sort of spiritual booze in which the slaves of capital drown their human image, their demand for a life more or less worthy of man."

     May God protect America from socialism.

     _________

     Posted in Stop Socialism in America.

     _________

Related Topics of Interest

O plano de saúde do socialista Obama: o Estado será o senhor da vida e morte?

O novo plano de saúde, o Obamacare, pretende cortar custos para os contribuintes, mas favorece a cultura da morte de modo inaceitável – Raymond de Souza – 16 agosto 2009

Kerenskismo obamista, Honduras e o abismo chavista

Para Valladares, Obama e Hillary tomam atitude de dois e duas medidas, de uma injusticia, hipocrisia e arbitrariedade que clamam aos céus – Armando Valladares – 24 julho 2009

Para Hllary Clinton, a ideologia pertence ao passado. Os neomarxistas discordam!

Enquanto Obama constrói "pontes" em direção aos neomarxistas, Hillary tergiversa – Toby Westerman – 14 maio 2009

O meteoro Obama

O desastre do "meteoro" Obama ao chocar-se com o conservadorismo americano – Luis Dufaur – 12 outubro 2009

Abrindo mal uma "Nova Era"

Barack Obama, que iniciou seu governo sem estar vinculado a nenhum valor, promove a agenda abortista – Cláudio de Cicco – 26 março 2009

A cultura católica na América e a eleição de Barack Obama

O voto católico favoreceu a eleição de Obama e a cultura da morte. A omissão de prelados da Igreja e de leigos – Pe. Thomas J. Euteneuer – 08 janeiro 2009

Convivendo com o abismo

O papel da Conferência Episcopal norte-americana e do otimismo do eleitorado católico para a eleição de Barack Hussein Obama – Jorge Zamora E. – 21 dezembro 2008

"Não temos rei, a não ser César"

A atitude que os católicos ativistas pró-vida devem tomar face ao resultado das recentes eleições presidenciais norte-americanas – Pe. Thomas J. Euteneuer – 20 dezembro 2008

No oba-oba, Obama venceu...Mas nem tudo está poerdido. God Bless America

Análise dos principais fatores que conduziram Obama à vitória. O papel do Episcopado norte-americano – Paulo Roberto Campos – 30 outubro 2008

Obama nas alturas

A crise financeira transforma o Estado em um Tiranossaurus Rex sob aplauso dos comentaristas econômicos. A mistificação de Obama e o crepúsculo da razão – Nivaldo Cordeiro – 16 novembro 2008

Obama e a cultura da morte

A Cultura da Vida sofreu um grande baque com a eleição de Obama. É hora de formar uma frente única internacional em defesa da vida – Raymond de Souza – 16 novembro 2008

Um Ocidente socialista? Quando?

O fator Obama e um conjunto de fatos evidenciam que o Ocidente está em grave risco de se tornar socialista – Atila Sinke Guimarães – 4 novembro 2008

Dilemas do antiamericanismo

Os focos de militância antiamericana e a gigantesca propaganda pró-Obama – Dom Bertrand de Orleans e Bragança – 4 novembro 2008

O que vai acontecer se Obama ganhar?

O perfil de Obama e o rumo que dará aos Estados Unidos se vencer – Jose Brechner – 2 novembro 2008

Obama Presidente

Os aspectos da personalidade e da vida pública de Barack Hussein Obama que a mídia esconde – Armando Valladares – 25 outubro 2008

Eleições na Flórida: ofensiva obamista e voto católico

Dirigentes de esquerda na América Latina e no Caribe não escondem suas expectativas de vitória de Obama, que os deixaria com as mãos mais livres para atuarem na região – Destaque Internacional – 24 outubro 200

     ________