HOMENAGEM

A PLINIO CORRÊA DE OLIVEIRA

NO CENTENÁRIO DE SEU NASCIMENTO

13 DE DEZEMBRO DE 2008

 

TRADITION IN ACTION *

 

Aos 24 anos, Dr. Plinio foi eleito para a Constituinte de 1934
     Através da história, encontramos homens suscitados pela Divina Providência para nos momentos críticos atuarem nos acontecimentos, de modo a encerrar uma era histórica e abrir outra. Isto define o grande guerreiro católico Plinio Corrêa de Oliveira.

     Por suas ações e ensinamentos durante toda a sua vida, ele transmitiu os exemplos e os princípios que destruirão a Revolução que se infiltrou na Igreja e lançou raízes profundas na sociedade temporal. Ao modo de uma bomba de tempo, esses princípios detonarão a imensa mentira do Demônio, esse grande parêntese enxertado na história chamado Revolução.

     Estabeleceu as bases de uma nova cristandade fundada na verdadeira devoção a Maria e nos inumeráveis princípios que daremos a conhecer quando o tempo e a oportunidade o permitirem. Cremos que esse conjunto de ensinamentos é mais do que suficiente para construir, conservar e defender o Reino do Imaculado Coração anunciado por São Luís Maria Grignion de Montfort e confirmado por Nossa Senhora em Fátima.

     Não importa quantos oportunistas buscaram roubar seu estandarte, quantos manipuladores tentaram distorcer sua mensagem, quantos traidores quiseram negociar seus ideais, quantos invejosos caluniadores procuraram silenciar sua voz, seu nome e sua causa. Estas continuarão em pé, como um ponto de referência para as nações, como um pendão levantado no cume da montanha, a conclamar os bravos na hora da ira do Senhor, que se regozijarão com Ele na sua glória (Is 5:26, 13:2-3).

     Neste dia 13 de dezembro de 2008, centenário de seu nascimento, Tradition in Action apresenta a Plinio Corrêa de Oliveira, o contra-revolucionário por excelência, a mais grata, respeitosa e entusiasta homenagem.

Plinio Corrêa de Oliveira oscula o trono de Carlos Magno, prestando homenagem ao Fundador da Cristandade Aachen, Alemanha, 1988

 

     _________

 

     * Editorial do site Tradition in Action.

 

    Tradução: André F. Falleiro Garcia

 

     _________